Você está aqui: home // testemunhos // Testemunho da irmã Monica

Testemunho da irmã Monica

A paz!

Primeiramente quero agradecer a Deus por sempre ouvir as minhas orações.

Tenho dois testemunhos a contar. O primeiro é que nos últimos meses estava sentindo dores nos dois joelhos e não conseguia ajoelhar para orar, então resolvi ir no médico e expliquei o que sentia. O médico  disse que devia ter rompido algum nervo ou algo assim, mas quando ele disse isso eu respondi bem baixinho que está repreendido em nome de Jesus, e aceitei fazer o exame. Mo dia marcado fui até o hospital e a médica que estava realizando o exame me perguntou o motivo do exame e quando contei a história ela me disse? olha você não tem nada ai, porque se estivesse algo rompido só de colocar o aparelho já dava para ver mas estou olhando e o seu nervo está perfeito, não tem nada aí.  Então eu disse: GLÓRIA A DEUS. E daquele dia em diante não sinto mais nada ao me ajoelhar.

O segundo testemunho é que como todos já sabem eu tinha uma causa trabalhista onde eu ganhei também com a misericórdia de Deus que intercedeu ao meu favor. Só faltava o principal que era o registro na carteira, então fiquei em oração dizendo ao Pai que eu precisava do registro para arrumar outro emprego, mas que queria ser na área que estou cursando a faculdade.Algumas entrevistas surgiram e eu ia mas orava para não ser aprovada ainda pois não tonha a carteira em mãos. Depois de algum tempo o juiz determinou que a empresa me registrasse então veio o carimbo esperado. Sete anos de registro na área administrativa,a na mesma semana trouxe a carteira e pedi para o pastor orar.  E depois de um mês mais ou menos levei meu computador na santa ifigênia para consertar em uma loja aonde eu conheço o dono. Conversa vai e vem e disse se ele não conhecia ninguém para me indicar para trabalhar na área administrativa ou contábil. Ele me disse que o contador dele estava precisando então ele ligou lá mas a pessoa não estava.  Mas mesmo assim ele me deu o endereço e disse para eu ir lá, eu falei que não estava com roupa para realizar entrevista e nem currículo tinha, então ele imprimiu um e eu fui lá. Conversei com a pessoa e a mesma me disse que já tinha uma pessoa fazendo o teste e por enquanto não precisava mas que no final de agosto poderia ser, mas que não era para eu ficar esperando ela ligar e se surgisse outra coisa era para eu ir atrás. Passou uma semana e ele me ligou dizendo que ainda não estava precisando mas que um amigo dele sim e se eu queria fazer a entrevista. Aceitei e fui lá. Conversei com o dono que ficou de me ligar, mas o mesmo não ligou. Como ele me tinha dado o telefone dele, liguei e ele disse que estava procurando meu currículo para me ligar e marcou novamente ma entrevista para falar com o sócio dele. Fui na entrevista e o sócio disse que as condições seriam salário um pouco menor do que pedi mas que eles iriam pagar a minha faculdade integralmente e ainda teria vale transporte e almoço no local.  Aceitei e fiquei de sair do meu serviço, conversei no meu serviço e eles não quiseram me mandar embora, mas fizeram uma proposta para permanecer , mas como tinha orado e pedido para Deus um emprego na área não aceitei. Pedi as contas  na sexta-feira, 31 de agosto, e comecei lá 03 de setembro. Também já estou registrada.

Só tenho que agradecer e louvar a Deus por tudo que está fazendo por mim. E por tudo que ainda vai fazer. Amém.

Tags: , ,

Deixe um comentário

Copyright © 2012 Igreja do Evangelho Quadrangular – Vila Antonieta. Todos os direitos reservados.
Design por IEQ Vila Antonieta. Powered by WordPress.
Igreja do Evangelho Quadrangular de Vila Antonieta - Ministério Tabernáculo da Fé
Rua Refinaria Mataripe, 972. Vila Antonieta. São Paulo - SP.